Volta para a editoria
Coluna do C@T
E-Mail

 

Arte: Marcelo. Arte: Marcelo
Jornal O Globo -
22/11/1999

A briga do profeta

Uma das figuras mais polêmicas da Internet brasileira, Marco Nunez já brigou com quase todo mundo. Há pouco mais de um ano enviou-me um email com um anexo bem esquisito. Este arquivo tinha um nome longo e muito estranho, mas como havia um arquivo ".txt" no meio do string, dei uma de otário e cometi o erro imperdoável de dar o duplo clique. Todos os meus arquivos começaram a ser deletados e só consegui interromper o processo porque desliguei o micro. Foi uma das mais duras lições que tomei: desconfiar de todo arquivo anexado a uma mensagem de correio eletrônico.

Ex-policial e hábil técnico de eletrônica, Marco Nunez dedicou-se de corpo e alma a encontrar buracos no DOS e no Windows e, de fato, achou coisas terríveis. Está tudo disponível na página <http://pagina.de/taldowin>, que aponta atualmente para um endereço no Tripod. Navegar o site completo é tarefa de deixar qualquer um meio zonzo, pois as páginas são não-lineares, abusam de fontes, cores, formatos e jogam o internauta de um lado para o outro com links muitas vezes caóticos e repetitivos. Mas, inegavelmente, o site oferece ensinamentos surpreendentes para quem tiver paciência de vasculhá-lo todo. Tem muito furo de software, denúncia, confusão e revolta. Em todos os meus anos de Internet, nunca encontrei uma criatura digital tão fora do comum quanto esse magistral fuçador.

Tido por alguns como louco, encrenqueiro e paranóico, Marco Nunez se diz perseguido por certas empresas, mas certamente deixa sua marca no ramo brasileiro da Rede. Escreveu um livro em formato ".doc", disponível em seu site por R$ 18. Oferece também um programa chamado Taldowin e suporte, mediante pagamento adicional. Vide a página "vendas" abaixo.

Se tiver dificuldades em acessar o site, você encontrará todos os HTMLs (sem as figuras) em <www.oglobo.com.br/arquivo/info/cat/marco.zip>. Preparei um roteiro para a visita que você não encontrará em nenhum outro lugar e que certamente vai lhe poupar as muitas horas que gastei para varrer o site inteiro. Cada nome a seguir é um arquivo com extensão ".html", precedido do prefixo <http://www.marconunez.com/>. Segue-se o roteiro-index: abertura; index1: "morrereis por isso, todos!"; index2: mais links; analfabeto: sobre um engenheiro certificado pela MS; apres: apresentação profissional do autor; atalho: segredos sobre links e deltree; besta: Bill Gates e as faces da besta; brother: galeria do horror e bats que destroem; bug: mais falhas e Melissa; bugs98: do Win 98 e como acelerá-lo; certifica: denúncia de contaminação química; certified: resposta rude de um engenheiro; chamadas: maldição das chamadas a cobrar; cobol2: truques tenebrosos tendo Cobol como tema; crazys: fugindo do DOS; crearj: denúncia ao Crea contra o tal engenheiro; darkinvader: calúnia contra o autor; despedida: furos do Outlook; detran: penetrando em Detran, Proderj e Polícia; dicas: longa coletânea de mensagens pró e contra; dicastal: sobre o programa Taldowin; dicionario: arapucas de manuais; diploma: seu diploma de idiota; dos: protegendo arquivos e perigo dos atalhos; enganadores: briga boa com a autora de uns fascículos; explica: desrespeito à língua; farsantes: Linux, médicos e mais diversas denúncias; fbi: ira contra o FBI e foto do autor; gandhidia: à polícia civil; garotinho: mais denúncias contra calúnias; grana: grande aquisição pela Microsoft; ibm: elogios à IBM; ieti: spams de registro; info: Negroponte e mais brigas com a MS; java: ódio ao Java; listapt: elogios à lista do PT; luzes: sobre lâmpadas de filamento; macros: momento de inspiração; mail: fábrica de Melissas; manifesto: um apanhado geral; microsoft: o caso Microsoft; misterios: do UOL e do AOL; mjkids: pedofilia no UOL; modulo: denúncias contra o software CFW98 da Módulo; molp: "eu explodi a Microsoft"; mpkids: denúncia de pornografia infantil; mpp: denúncia formal contra a Microsoft; mppp: complementando a denúncia; netmed: gerenciando invasões de micros; outlook: perigos dos nomes longos; pasupata: maldições terríveis; pesadelo: pedindo ajuda; philco: furto de energia; pif: terrível segredo mortal dos pif’s; pirata: caça aos piratas e entrevista de um microsoftiano; porcristo: revolução; programa: apresentação do programa Taldowin; psion: ameaça à liderança Microsoft; rbcab: dicas e denúncias sobre Win 98; reminder: a página negra do Windows; robot: como criar uma macro robot no Windows; senhas: furto de senhas, Internet e fax de graça; sites: pichando sites do governo; soneca: não sou doido não; SPAM: denúncia de spam distribuído pela Microsoft; spy: exemplo de furos num ambiente de trabalho; taldowin: segredos malditos do Windows; talzip: para download do Taldowin; tao: sobre o livro; topsecret: um Internet Explorer reduzido; tvglobo: agradecimento à TV Globo; uol: elogio ao UOL; vendas: como comprar o livro e o programa; vendidos: por quem os sinos dobram; webfemale: armadilha de uma webmaster; e write: o assassinato do programa Write.

 

***

Reserve algumas horas, divirta-se, aprenda e proteja-se,
visitando essas páginas quase folclóricas.

[Colunas] [Info Etc] [Techie]